Couch Surfing

Sabe quando você percebe o quão idiota está sendo? Esse é o meu sentimento nos últimos dois dias. Permita-me explicar.

Nós estamos viajando pelo mundo há mais de dois anos e eu sempre me queixei de que deveria haver uma forma fácil de conhecer pessoas nos lugares em que estivéssemos. Porque conhecer os locais ou outros viajantes é sempre a melhor parte da viagem. Mas, como a gente pode fazer para chegar em uma cidade e se conectar com outras pessoas?

Na verdade, é bem fácil e a solução sempre esteve na ponta dos meus dedos. Eu é que não tinha tentado antes, até ontem. Provavelmente muitos de vocês já sabem que estou me referindo ao Couch Surfing.

Couch Surfing é um site criado há mais de uma década. Digamos que você tem um sofá na sua sala e gostaria de hospedar alguém. Você vai lá no http://www.couchsurfing.org, cria um perfil, anuncia ao mundo que você tem esse incrível sofá e logo as pessoas começam a perguntar se você poderia hospedá-las por alguns dias.

Você oferece o sofá, cama extra, quarto vago ou o que puder oferecer como uma cortesia. Você não pode cobrar por isso no Couch Surfing. Por outro lado, se você viajar usando o Couch Surfing, você tem a oportunidade de ficar na casa de alguém sem pagar nada por isso. Embora você sempre seja mais que bem-vindo a mostrar sua gratidão oferecendo um presente ou ensinando alguma coisa sobre seu país, como por exemplo, cozinhando alguma comida típica para seu anfitrião.

Isso é maneiríssimo, não é? Só que tem mais. A galera do Couch Surfing organiza inúmeras atividades durante todo o ano. E todo mundo é bem-vindo. Mesmo pessoas que nunca usaram o Couch Surfing para viajar ou para hospedar alguém, podem participar. Por exemplo, há diversos encontros, em inúmeras cidades. E foi assim que nós finalmente ingressamos nessa comunidade.

Em Istambul, há inúmeros encontros semanais. Teve um ontem à noite, em um bar, basicamente para socializar. E teve outro hoje à noite voltado para conversação em inglês. Nós estivemos nesses dois e foi uma experiência sensacional. Como é que nós deixamos isso passar por tanto tempo? 

Verdade seja dita, eu já tinha ouvido falar do Couch Surfing há um bom tempo. Mas, sempre que tentava usá-lo eu me frustrava e ficava um tanto intimidado com a interface do sistema. Ela é bem confusa. Não conseguia superar essa barreira, por falta de paciência. Mas, tudo mudou essa semana. Disse para mim mesmo: você tem que se empenhar e entrar nesse sistema porque deve haver algo fantástico que você está perdendo. E agora descobri que essa era a mais pura verdade.

Havia mais de 30 pessoas ontem à noite e mais de 40 hoje à noite. Na sua maioria, turcos. Portanto, estes encontros se revelaram perfeitos para conhecer alguns locais, bem como pessoas de outras origens que estão morando em Istambul. Mas, por que havia tanta gente?

Descobri ontem que viajar para o exterior não é tarefa fácil para os turcos. Parece que eles têm que pedir visto para a maioria dos países (felizmente não precisam de visto para o Brasil). Seja como for, muitos não têm condições de pagar por uma viagem. E aprender inglês na escola simplesmente não funciona. O ensino de inglês nas escolas tipicamente é fraco na Turquia, assim como no Brasil.

Só que aqui tem gente que tá muito a fim de aprender e praticar o inglês. E como muitos provavelmente não têm como pagar por um curso particular, eles vão a encontros para praticar o inglês com os estrangeiros que estão visitando a cidade, como a gente. E isso é  sensacional para todo mundo.

Eles têm esses encontros toda semana e está sempre cheio de gente. Mas, preste atenção em um detalhe fundamental. Estamos falando de sábado à noite! Eles se encontram para praticar inglês no sábado à noite! Isso é que é determinação.

A Pati e eu conversamos com várias pessoas hoje à noite. Muitos eram turcos, mas também conhecemos pessoas da Argélia, Canadá, Armênia, Romênia, Alemanha, Brasil, Bolívia, Síria e Luxemburgo. Então, aprendemos um pouquinho mais sobre cada um desses lugares. Aliás, eu até aprendi a jogar gamão. E ainda ganhei. Sorte de principiante, é claro. :-)

Lamento profundamente pelo tempo perdido, por não tentar usar o Couch Surfing antes. Mas, estou maravilhado por termos finalmente ingressado. E Istambul parece ser o lugar perfeito, já que a galera usa de verdade e funciona super bem.

Você pode encontrar o meu perfil no Couch Surfing em: http://www.couchsurfing.org/people/vinicius.m.teles.Couch Surfing

 

Comments